14/04/2009

Era giro...mas pouco inteligente

Ele tinha medo de mim, não gostava de pêlos, cabelos, perseguia todos os bichos que viviam nos rodapés do meu apartamento. Achei por bem avisá-lo que os bichos eram de prata, logo podiam ter um valor sentimental para as traças, que viviam nas minhas almofadas.

Ele não entendeu, achava que eu coleccionava coisas estranhas, sinceramente não concordei, até porque não acho estranho coleccionar namorados bonitos, mas pouco inteligentes.


Ele não concordou, e eu disse-lhe que era apenas mais um deles, quando se queixou dos pelos no cobertor do meu sofá, e me fez escolher entre ele e os meus gatos...


Até era querido...o meu ex-namorado...e giro

3 comentários:

Master Of The Wind disse...

Mandaste-o f****! ;-)
Quem não tem gatos ou cães, não compreende que quando estivemos sós foram eles que nunca nos abandonaram. E sempre nos serão fiéis.

Tania Rodrigues disse...

COISA MAI BOAAA!!! Nunca te tinha visto escrever com tanta inspiração!!

ADOREI!!!

Niagara Et Al disse...

Lamentamos profunda e sentidamente. Isto para nãodizer que temos pena.
E giro é um gato que tenho lá em casa... o resto...